• 455 Martinson, Los Angeles
  • 8 (043) 567 - 89 - 30
  • support@email.com

domingo, 10 de janeiro de 2016

Tarte Tatin

Tarte Tatin - Autor: Joyosity - Flickr

Tarte Tatin: uma sobremesa cheia de história

Publicado em  por Luciana Ferreira

 A tarte tatin é uma das sobremesas mais conhecidas da França. Uma receita simples, rápida e deliciosa que aparece com frequência nas refeições dominicais em família, mas que também se adapta perfeitamente à carta dos melhores restaurantes gastronômicos do país. Um verdadeiro símbolo cultural francês, a Tarte Tatin é uma sobremesa cheia de história, de texturas e de sabores. Um casamento perfeito de massa, maçãs, açúcar e manteiga. A degustar sem culpa 

Tarte Tatin - Autor: Joyosity - Flickr
A História da Tarte Tatin:
Reza a lenda que a Tarte Tatin teria nascido de um erro culinário, ocasionado por um momento de inatenção da cozinheira. Quando Jean Tatin faleceu no final do século XIX, suas filhas Stéphanie e Caroline herdaram o hotel e restaurante Tatin, situado na pacata cidade de Lamotte-Beuvron, no Loir-et-Cher (centro da França). Cidade essa, que desde o século XIX era considerada como a capital da caça. Caroline era conhecida por ser uma excelente administradora. Já Stéphanie, era uma cozinheira muito talentosa. As duas formavam uma ótima equipe e, mesmo após o falecimento do pai, elas continuaram gerindo com brio o estabelecimento familiar, que acolhia com frequência todos os caçadores da região.
Uma das especialidades de Stéphanie era a torta de maçãs, que ela servia morna, caramelizada e bem macia. Os clientes vinham de longe para apreciar a famosa iguaria. No entanto, Stéphanie também era conhecida pelo seu jeito meio distraído e tagarela. Assim, num dia de muito movimento, ela ficou conversando demais com os clientes até que se deu conta de que a sobremesa não estava pronta. Então, ela correu para preparar a famosa torta, pôs ela no forno e só depois é que reparou que tinha esquecido de colocar a massa no fundo da forma. Vendo que as maçãs estavam caramelizadas, ela teve a idéia de pôr a massa por cima e de virar a torta quando ela saísse do forno. Quanto aos clientes, eles simplesmente adoraram a nova receita !

Tarte Tatin - Autor: Joyosity - Flickr
Aliás, ela fez tanto sucesso que até um dos mais célebres críticos culinários da época, o nobre Maurice-Edmond Sailland, mais conhecido como Curnonsky, veio experimentá-la. Completamente encantado pela originalidade da receita e pela agradável mistura de texturas e sabores, ele acaba promovendo-a em Paris, sob o nome de “tarte des demoiselles Tatin” (torta das senhoritas Tatin). E foi assim que a tarte tatin acabou se transformando numa celebridade nacional, ao ponto de ser servida no restauranteMaxim’s (símbolo internacional da alta gastronomia francesa). Aliás, a Tarte Tatin é levada tão a sério que foi até criada uma confraria para defender o respeito da receita tradicional da torta: é a “Confrérie des Lichonneux de Tarte Tatin de Lamotte-Beuvron”.
A receita tradicional da Tarte Tatin é realizada com maçãs, manteiga e açúcar. A massa utilizada originalmente é uma “pâte brisée” (massa de torta doce). Algumas pessoas preferem fazer com massa folhada. Pessoalmente, eu prefiro fazer com uma massa tipo de biscoito (pâte sablée). A torta fica mais crocante e muito mais gostosa  Uma outra dica infame (:-)): não hesitem a experimentar a mesma torta com outras frutas. Pêra, ameixa, abacaxi, banana, manga, use a sua imaginação e delicie-se! Mas atenção, não conte nada disso para os confrades lá de Lamotte-Beuvron. Eles não suportariam uma tal heresia 
Receita da Tarte Tatin
  • Para a massa sablée (se quiser pode substituir por uma massa tradicional de torta ou por uma massa folhada):
Ingredientes:
– 500g de farinha de trigo
– 250g de manteiga
– 200g de açúcar
– 5 gemas de ovo
– 1 colher de café de sal
– 1 colher de sopa de fermento (± 20g)
Modo de preparo:
Misturar delicadamente com os dedos a farinha, o sal, a manteiga e o fermento até ficar com uma consistência de farofa. À parte, bata as gemas com o açúcar até clarear um pouco e depois acrescente-as à massa anterior. Misture tudo até que fique uma massa bem homogênea. Não bata demais senão ela acaba perdendo a textura desejada. Enrole a massa num pedaço de papel filme e deixe na geladeira por pelo menos 1 hora. Essa massa pode ser congelada tranquilamente. Ah, vale lembrar que essa é uma receita tradicionalmente utilizada na confecção de biscoitos. Basta estender a massa (não muito fina) com um rolo depois que ela tiver descansado na geladeira e fazer biscoitos redondinhos (ou da forma que você preferir). Depois de assados e frios, você ainda pode napá-los com uma cobertura de chocolate. É delicioso!
  • Para as maçãs caramelizadas:
Ingredientes:
– 1 kg de maçãs (as melhores são a reineta ou a golden, mas você pode utilizar qualquer maçã que seja ácida e firme. O objetivo é que o sabor das maçãs contraste com o do caramelo e que elas  não se desmanchem durante o cozimento.)
– 100g de manteiga com sal (ela vai ressaltar o sabor do caramelo)
– 100g de açúcar
– 1 colher de sopa de água
Modo de preparo:
Utilize um recipiente que possa ir ao fogo e ao forno. O ideal é uma forma que resista aos dois ou uma frigideira sem cabo.
O segredo de uma boa tarte tatin é caramelizar o açúcar durante o cozimento das maçãs. No entanto, essa operação é um pouco delicada, tome cuidado para não mexer demais nem pôr o fogo muito alto pois você poderia desmanchar as maçãs ou queimar o caramelo. Assim, ponha na frigideira o açúcar e a água. Deixe derreter um pouco e dispose delicadamente as maçãs. Quando elas começarem a caramelizar um pouco, acrescente a manteiga. Não mexa com uma colher! Incline um pouco a frigideira ou sacuda-a ligeiramente para que o caramelo não queime e as maçãs não grudem no fundo. Quando as maçãs estiverem bem caramelizadas, disponha a massa por cima. Leve ao forno pré-aquecido a 180º durante cerca de 45 minutos. Para desenformar, vire a frigideira sobre um prato grande e reze 
A tarte tatin costuma ser servida morna, com uma bola de sorvete de baunilha ou com um pouco de creme chantilly. Para uma refeição mais chique, não hesite a surpreender seus convidados com porções individuais. Além de lindas, elas ficam deliciosas!

Tarte Tatin individual - Autor: avlxyz - Flickr
Para quem tiver curiosidade, o Hotel Tatin ainda existe. Ele fica no nº 5, Avenue de Vierzon  – 41600 Lamotte-Beuvron.
Bon appétit !!

Fonte: http://www.avidafrancesa.com/tarte-tatin-uma-sobremesa-cheia-de-historia/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Volte para o

Postagens mais visitadas

Popular Posts

Visite e

Navigation

Google+ Followers